Notícias
Quinta-Feira, 22 de Maio de 2014, 11h49   (Atualizada 22/05/2014 às 11:49)

Transferência de financiamento para imóveis por meio de banco de dados pode ajudar a angariar mais clientes

A determinação da presidente do Brasil, Dilma Dilma Rousseff é clara. Ela pede que a concorrência no mercado aumente para que se possa alcançar a redução nos juros dos empréstimos. Dessa forma, o Banco do Brasil já estuda estender seu projeto de automação para a portabilidade de veículos, que entra em vigor no próximo dia 28, ao setor imobiliário. A ação pode ser facilitada pelas novas regras que estão sendo discutidas pelo Ministério da Fazenda no sentido de estabelecer uma espécie de banco de dados cadastrais de bens financiados, como também de imóveis com registros cartoriais. A expectativa do Banco do Brasil é que, com a informatização dos cartórios, essa plataforma possa se tornar viável e facilitar a troca de informações com todos os bancos que queiram angariar mais clientes no contexto atual de cruzada contra os juros altos. O governo vê que, até hoje, as transferências de dívidas não têm deslanchado porque há muita burocracia envolvida e, em alguns casos, como o de imóveis, requer um gasto extra para o mutuário no momento da transação. Os integrantes do Ministério da Fazenda estão construindo as novas regras em conjunto com as associações do setor financeiro, como a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) e Associação Brasileira dos Bancos Comerciais (ABBC). 

Fonte: Sêmia Mauad / SINDUSCON - MT
Voltar

(66) 99900-3010 / 99643-6060  contato@danieldepaula.com.br


Daniel de Paula Projetos e Construções © Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR