Notícias
Sexta-Feira, 02 de Março de 2018, 09h08   (Atualizada 02/03/2018 às 09:08)

Empresa holandesa lança móveis de design feitos com garrafa PET

Plastic Wale ainda organiza expedições turísticas para recolher plástico nos canais de Amsterdã
Divulgação

Quanto você pagaria para pescar plástico nos canais de Amsterdã? A Plastic Wale, empresa holandesa dedicada a recolher o material, oferece o passeio - com duração de duas horas e guia turístico - por R$ 103,00, e já promoveu diversas expedições. Para além do turismo social, porém, a iniciativa, que já utilizava o produto recolhido para fabricar barcos (e assim levar mais gente para pescar mais plástico), agora lança sua primeira coleção de móveis: com desenho da LAMA, produção da Vepa, e matéria prima baseada em garrafas PET.

Inspirados nas linhas e formas da baleia, animal símbolo da organização, foram desenvolvidos móveis de escritório como cadeiras, luminárias, mesas e painéis acústicos. Todos fabricados localmente, usando apenas  o plástico recolhido nos canais de Amsterdã. "Nossa missão é criar valor econômico a partir de resíduos plásticos, envolvendo o maior número possível de pessoas", explicou Marius Smit, fundador da Plastic Wale.

Para garantir a sustentabilidade de todo o processo, a Vepa, por sua vez, ainda afirma que reutilizou o aço descartado em outros móveis para a concepção da base da cadeira e garante que, ao fim do ciclo de vida do produto, vai recolher as peças com os clientes e ainda reembolsar uma parte da compra.

Além disso, na hora da compra, parte do valor pago nos móveis da “coleção circular”, como foi batizada a série sustentável, será redirecionado para instituições que trabalham com a reutilização do plástico nos locais aonde a crise ambiental é maior. Segundo eles, a primeira parceria foi fechada com a SweepSmart, organização que oferece soluções para resíduos na Índia.

Desde sua criação, em 2011, até dezembro de 2017, a Plastic Wale, sob o slogan: “Let´s start doing”, reuniu mais de 11 mil pescadores (entre moradores de Amsterdã e turistas de fora) que recolheram mais de 105 mil garrafas PET e 2 mil sacolas plásticas para fabricar um total de 10 barcos pesqueiros.

Segundo dados levantados pela ONU, mais de 8 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos todos os anos e cerca de 90% de todo o lixo flutuando nos oceanos é plástico, o que consequentemente, leva a crer que até 2050, 99% das aves marinhas terão ingerido o material.

Fonte: GIOVANNA MARADEI
+ Fotos
Voltar

(66) 99900-3030  contato@danieldepaula.com.br


Daniel de Paula Projetos e Construções © Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR